domingo, 18 de janeiro de 2009

...É bonito rever...20 anos depois (2)

video

Propriedade de Hugo Araujo

...É bonito rever...20 anos depois (1)

video

Propriedade de Hugo Araujo

Seara Verde 16/01/2009

Ano novo
Como dizem os nossos antigos, ANO NOVO VIDA NOVA, e não poderia ser mais verdadeiro. O ano de 2008 terminou com o anunciar dos profetas da desgraça que o ano de 2009 será cheio de coisas más, talvez por ser ano de eleições e convêm dizer que fariam melhor; outros aproveitaram para desculpar a sua incapacidade de inovar e a falta de obra com as dificuldades financeiras que o país atravessa.
O ano de 2008 foi um ano rico em acontecimentos, eleições regionais, vitória do PS, derrota dos autarcas do PSD, nova mudança na Liderança no maior Partido da oposição, aumento do número de partidos na Assembleia Regional, inaugurações previstas pela Edilidade da Povoação que não se realizaram, obras da Edilidade da Povoação anunciadas que nunca se iniciaram.
Mas o presente ano será ainda melhor, três eleições à porta, Europeias, Legislativas e Autárquicas. Na Europa, embora lá distante, teremos um debate sobre o futuro da mesma, deverá ser mais social, mais económica, mais perto das pessoas ou mais perto dos detentores do capital?
Nas Legislativas, estaremos a decidir se queremos ter uma política económica de rigor pensada nas pessoas com o PS ou numa política dos capitalistas pensada para enriquecer cada vez mais os grandes senhores do País.
Nas Autárquicas, devemos estar preocupados se queremos evoluir e apanhar o comboio do desenvolvimento que se verifica em S.Miguel e proporcionar riqueza, mais emprego e melhores condições de vida dos Povoacenses ou continuar a ver esse mesmo desenvolvimento ficar a pouco mais de 20Km pelo sul ou a 20Km pelo norte como tem sido estes últimos 7 anos de governação do PSD na Câmara Municipal da Povoação.
Este é o ano de grandes decisões, ou continuamos neste marasmo ou experimentamos de novo, o desenvolvimento do Concelho da Povoação com o Partido Socialista. Devemos acautelar o futuro e deverá ser a juventude da povoação a principal interessada nesta mudança, pois aquilo que escolhermos hoje será o nosso amanhã.
Em primeiro lugar deveremos ter a preocupação de poder expressar a nossa vontade, votando e para isso temos de estar recenseados. Depois fazer ver ás pessoas responsáveis que é o nosso futuro que está em causa e como tal devemos ter uma palavra a dizer.
Devemos ser por isso cidadãos activos no futuro do Concelho da Povoação e tanto a nível autárquico, a nível das instituições e a nível da cidadania deste concelho. Somos Jovens mas temos uma palavra a dizer e mostrar que também temos ideias, mais irreverentes, mais audazes, mas também mais perto da realidade. Tornando-as, assim, mais actuais e mais capazes.
É importante não deixar morrer instituições que muito fizeram pelos jovens deste Concelho, a nível da Cultura, Desporto e da Música. Estas sim deveriam ser entendidas como “planos de prevenção” para não morrerem e continuarem a ocupar saudavelmente os jovens do nosso Concelho.
André Ávila