quarta-feira, 24 de junho de 2009

sábado, 13 de junho de 2009

Links para o Futuro




Caro Amigo e Presidente do Congresso Francisco César
Caro Amigo Presidente da JS- Açores Berto Messias
Caras e Caros Camaradas,

14 Anos passaram, na minha vida, 14 anos de aprendizagem constante, de muitas amizades, de vitórias e derrotas, mas 14 anos de amadurecimento.
Hoje termina um ciclo para mim, estou convencido que a idade real não deveria sobrepor a idade aparente pois tenho a consciência plena que todos os dias aprendemos e damos a aprender coisas novas.
A JS Açores durante os meus 14 anos de militância passou por momentos muito bons, bons mas também menos bons, mas com todos eles aprendemos, tendo em conta sempre e acima de tudo os valores da liberdade, igualdade e solidariedade.
Somos herdeiros de um socialismo democrático, evolutivo, que assenta essencialmente no bem-estar de todos.
Não sou do tempo da ditadura que estudamos nos livros, mas sou do tempo de uns pequenos ditadores que governavam os açores, como alguns bem se lembram, Mota Amaral, Natalino Viveiros mas também Berta Cabral.
Estes Senhores e Senhoras preferiam manter a juventude daquele tempo na ignorância, mater tudo debaixo do seu poder, mas a JS estava cá fez o seu percurso ajudou o PS e em 1996 mudamos os Açores para sempre, nada ficara igual depois do PS e de Carlos César, principalmente para os jovens.
A JS cresceu, formou quadros que hoje são pessoas reconhecidas, ganhamos o estatuto de maior e melhor organização política de juventude que os açores alguma vez conheceram.
Caro Camarada Presidente do Congresso
Caro Camarada Berto Messias
Faz agora 2 anos que estivemos em disputa, nós os dois tínhamos uma visão muito próxima do que deveria ser a JS, por isso não tive qualquer problema em apoiar e dar o meu contributo neste ultimo mandato, estou tranquilo quanto ao futuro da JS vejo aqui nesta sala caras novas e se pensam que fico triste, não ate fico muito feliz porque é sinal de futuro, é sinal de vivacidade e de ideias novas.
Li atentamente a moção que apresentas a este congresso, reparo que novas lutas e propostas vem a caminho, poderás contar com o meu apoio para as colocares em prática, ultrapassei a idade de JS mas mantenho o meu espírito jovem.
Caros Camaradas,
Deixo aqui um apelo, nenhum concelho ou região será desenvolvida se as suas freguesias ou ilhas não o forem.
Antes de sermos de um concelho, somos uma freguesia, antes de sermos região somos uma ilha.
Pois e esse conjunto de desenvolvimento que nos faz poder dizer alto e em bom som “Nós Somos Açores”.
Temos Eleições autárquicas a porta, em nenhum concelho se ganha sem ganhar freguesias.
Aqui apelo aos núcleos, lutem pelo melhor das vossas freguesias, em conjunto lutem pelo vosso concelho, porque desta forma o conjunto dos concelhos irão retirar do panorama regional o fantasma de um passado muito triste.
Caro Presidente do Congresso
Caro Presidente da JS Açores
Caras e Caros Camaradas
Termino este ciclo na minha vida como comecei, com poucas palavras, mas com grandes aprendizagens continuo a afirmar que a JS é uma escola de cidadania, uma escola para a vida.
Aproveitem o mais que puderem.
VIVA os AÇORES
VIVA A JS
Angra, 13 Junho de 2009

sexta-feira, 5 de junho de 2009